Zagueiro Felipe Santana ressalta a importância da sequência de jogos que o Galo terá pela frente e comemora a titularidade e os resultados positivos que tem alcançado na defesa do time alvinegro

A sequência do Atlético no Campeonato Brasileiro será decisiva e, portanto, não há mais espaço para vacilos e oscilações. Para escapar da parte de baixo da tabela, o Galo terá pela frente três concorrentes diretos, o que permitirá afastar qualquer proximidade com o Z-4. Na sequência, também de três partidas, e o time alvinegro enfrentará rivais do pelotão de cima da tabela, dando a chance ao alvinegro de sonhar com a vaga na Libertadores.

Na próxima quarta-feira, os mineiros fazem uma espécie de “jogo de seis pontos” contra o São Paulo, na Arena Independência. Os donos da casa têm três pontos a mais que o rival e um triunfo deixaria o concorrente para trás na disputa.

Depois é a vez de medir forças, em Recife, com o Sport, primeiro integrante da zona de rebaixamento. A trinca de clubes, que lutam contra a degola, se encerra contra a Chapecoense, no próximo dia 19.
Em seguida, o time do Atlético terá três clássicos do futebol brasileiro: Cruzeiro, quinto colocado, Botafogo, o sexto, e o Santos, vice-líder do Brasileirão.

Os jogadores do Atlético reconhecem a sequência decisiva e esperam obter os melhores resultados possíveis para evitar complicações e poder pensar em coisas maiores lá na frente.

“Essa sequência acaba por ser de extrema importância para nós, porque vamos enfrentar concorrentes diretos, tanto na subida quanto na descida. Então, temos que entrar concentrados, da mesma maneira que jogamos os últimos jogos do Campeonato Brasileiro, para que não sejamos surpreendidos, possamos vencer e conquistar os três pontos que, hoje, é a nossa principal meta (nas partida)”, afirma o zagueiro da equipe Felipe Santana.

Primeiro desafio. Por isso, já na próxima rodada, diante do São Paulo, o volante Adilson ressalta a importância de se conquistar os três pontos. Para vencer em casa, situação que tem sido difícil para o Atlético nesta edição do Campeonato Brasileiro, o volante afirma que o apoio da torcida atleticana, que anda muito desconfiada do time por causa de alguns resultados, será fundamental para o clube.

“É uma situação de adversários diretos. Sabemos a importância dessa vitória, que pode nos colocar em uma briga pelo G-6. Tivemos alguns jogos bons, contra o Flamengo e o Palmeiras, em casa, mas tiveram alguns jogos não tão bons, como foi contra o Vitória. Temos que fazer essa leitura e ver o que a gente tem que fazer para não ficar sofrendo mais uma vez no Horto”, acrescenta o volante.

“Precisamos dos torcedores nos apoiando. Sabemos que o momento não é dos melhores e, por isso, precisamos do apoio deles. Vamos todos nos unir para fazer um bom jogo quarta-feira”, completa o jogador.

Dos seis próximos adversários alvinegros, no primeiro turno do Campeonato Brasileiro, o Atlético venceu as equipes do São Paulo, da Chapecoense e do Cruzeiro, empatou apenas com o Botafogo e com o Sport, e sua derrota foi para Santos.

Felipe Santana mostra confiança com boas partidas

O zagueiro Felipe Santana passou por momentos difíceis neste seu primeiro ano de Atlético. Pouco conhecido pelos torcedores antes de sua chegada, a desconfiança aumentou após as falhas individuais contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela Primeira Liga, e contra o Atlético-PR, no Independência, pelo Brasileirão. Na reserva, o defensor acabou se machucando e ficou um bom tempo fora de campo.

Agora, com a lesão de Leonardo Silva, ele foi o escolhido pelo técnico Oswaldo de Oliveira para formar a defesa titular ao lado de Gabriel. Mais readaptado ao futebol brasileiro, após passar oito temporadas na Europa, o zagueiro acredita que a sequência será importante para ele mostrar o seu potencial após um início difícil.

“Não vinha sendo fácil e eu sabia que não seria. Sempre procurei frisar que essa readaptação seria muito difícil e custaria tempo. As lesões me atrapalharam. O fato de você ficar 40 dias fora atrasou demais o meu projeto pessoal. Mas eu acredito muito na perseverança e na força de vontade”, afirma.
As boas atuações quando foi titular deram mais confiança para seguir evoluindo. “Contra o Flamengo, no primeiro jogo do returno, eu fiz uma excelente partida, apesar de estar voltando de lesão. Essa última partida contra o Londrina foi a segunda nessa volta. Fico muifeliz por estar, aos poucos, mostrando aquilo que sei, que posso fazer”, completa.

Resultado. Os próprios jogadores do Atlético não estão nada satisfeitos com o desempenho da equipe no Brasileirão. Sem chegar nem perto das previsões iniciais, que apontavam o Galo como um dos candidatos ao título, os atletas têm conversado bastante para tentar reverter o quadro. Segundo o volante Adilson, o perfil vencedor do elenco deixa os atletas incomodados com o atual desempenho. “A gente conversa bastante, o tempo inteiro, sobre o que deve ser feito. Temos um grupo com o espírito vencedor. Queremos ganhar, alcançar outros níveis e uma posição melhor. Estamos tentando fazer o máximo para ajustar o time, melhorar o trabalho. E acredito que a equipe vem melhorando”, declara.

2 vitórias seguidas obteve o Galo em 2017 no Brasileiro até o momento.

3 próximos rivais brigam na parte de baixo da tabela da Série A.

Sequência

Rivais

Adversários do Atlético nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro. Rodadas podem definir se
a equipe alvinegra vai se recuperar na competição e até definir uma vaga na Libertadores.

Parte de baixo da tabela

27ª rodada

Atlético x São Paulo

São Paulo: 15º colocado

11/10 – quarta-feira

28ª rodada

Sport x Atlético

Sport: 17º colocado

15/10 – domingo

29ª rodada

Atlético x Chapecoense

Chape: 13º colocada

19/10 – quinta-feira

Parte de cima da tabela

30ª rodada

Cruzeiro x Atlético

Cruzeiro: 4º colocado

22/10 – domingo

31ª rodada

Atlético x Botafogo

Botafogo: 6º colocado29/10 – domingo

32ª rodada

Santos x Atlético

Santos: 2º colocado

05/11 – domingo

 

http://www.matipoweb.com.br/wp-content/uploads/2017/10/image-13.jpghttp://www.matipoweb.com.br/wp-content/uploads/2017/10/image-13-150x150.jpgJose RobertoEsportesA sequência do Atlético no Campeonato Brasileiro será decisiva e, portanto, não há mais espaço para vacilos e oscilações. Para escapar da parte de baixo da tabela, o Galo terá pela frente três concorrentes diretos, o que permitirá afastar qualquer proximidade com o Z-4. Na sequência, também de três...