Cemig bate de porta em porta na tentativa de conseguir empréstimos e evitar o leilão das usinas de Miranda, São Simão e Jaguara

A Vale tem interesse nas usinas da Cemig, conforme nota enviada pela mineradora, mas nenhuma decisão foi tomada até o momento. A participação seria por meio da Aliança, da qual a Vale tem 55% e a Cemig 45%.

As usinas da Cemig com concessão vencida são Jaguara, São Simão, Miranda e Volta Grande, com um leilão previsto para o dia 27 de setembro. A Cemig, no entanto, enfrenta uma batalha judicial para prorrogar as concessões.

Segundo a nota da Vale, o objetivo seria a autossuficiência energética, um dos pilares estratégicos na redução de custos. “Sendo assim, uma das alternativas para atingirmos este objetivo poderia ser através da participação da Aliança no leilão ou acordo judicial que a Cemig negocia com o Governo Federal, desde que respeitado o foco estratégico da Vale. Porém, isso ainda está sendo estudado e não há qualquer decisão a respeito”, reiterou a mineradora.

Agência Estado

 

http://www.matipoweb.com.br/wp-content/uploads/2017/09/image-42.jpghttp://www.matipoweb.com.br/wp-content/uploads/2017/09/image-42-150x150.jpgJose RobertoGeralNotíciasCemig,ValeA Vale tem interesse nas usinas da Cemig, conforme nota enviada pela mineradora, mas nenhuma decisão foi tomada até o momento. A participação seria por meio da Aliança, da qual a Vale tem 55% e a Cemig 45%. As usinas da Cemig com concessão vencida são Jaguara, São Simão, Miranda...